segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Entre

Que as tuas palavras escondam
Entre meus lábios
Que exploda meu desejo
Entre teu corpo
Que realize meus delírios
Entre as tuas fantasias
Que meu orgasmo
Chegue com teu êxtase
Que meu gozo
Me deixe no paraíso
Entre teus órgãos e abraços
Me faça mulher e feliz



Isabel van Gurp
 

Filha minha

Filha minha Que brinca de imagem Da cor do reflexo do meu ventre Que ilumina minha alma Enriquece meu espirito Aprendo todos os dia...