sábado, 29 de setembro de 2012

Fingir

Fingir


Fugir de mim
Fingir por ti
Sofri por nós
No meu olhar existe palavras
Que eu não posso te dizer
No meu gesto
Existe expressão
Que eu gostaria  te confessar
Na minha saudade
Existe instantes que  eu não vivi
Histórias que eu não contei
Momentos que não compartilhei
                   Desejos que eu calei
Dentro de mim
No meu coração
Existe um amor
Que eu não posso lhe entregar
Fugir de mim
Fingir por ti
Sofri por nós 
No meu contemplar
Existem lágrimas
Que não foram derramadas
Nos meus lábios
Existe uma frase que não foi dita
Uma historia que não foi contada
Nos meus braços
Existi um calor que eu desentranhei
Na minha alma
existi um gozo
Que eu não dividi
Na minha cama
Um prazer 
Que eu não sussurrei
Fugir de mim
Fingir por ti
Sofri por nós
No meu destino
Houve um caminho
Que foi desviado
Por mim
Na minha vida existe 
 insatisfação  de não ter 
vivido esse olhar
essa palavra
Esse momento
Esse gozo
Esse gesto
Esse amor
enfim
Perdi
Fugir de mim
Fingir por ti
Sofri por nós


  autora: Isabel van Gurp











































Filha minha

Filha minha Que brinca de imagem Da cor do reflexo do meu ventre Que ilumina minha alma Enriquece meu espirito Aprendo todos os dia...