quarta-feira, 24 de abril de 2013

Filha da Terra

Filha da Terra
Filhas da terra
Do sol
Do mar
Nem tão pouco d´água
Nem tão pouco da areia
Sempre eu
Somos nós
De onde vem a vida
Vem de ti
Do ventre
De mim
Eu sou filha do ar
Cresço com brilho do sol
Me regadas com a chuva
Que pintas o céu
E faz nascer nas minhas mãos
No toque da raiz
Mais uma vida
Nem tanto pouco os espinhos
Das rosas
Me afastam delas
E por elas sento no jardim
Para vê-las crescer
Dentro de mim
Sinto seus cheiro
No suor do orvalho
Que penetra em mim
Que me faz pensar
Que sou filha da terra
Do sol
Do mar
D'água
Da areia
Sou filha de ti
Sou filha de nos
Sou da natureza


  autora: Isabel van Gurp




Filha minha

Filha minha Que brinca de imagem Da cor do reflexo do meu ventre Que ilumina minha alma Enriquece meu espirito Aprendo todos os dia...