sexta-feira, 9 de maio de 2014

Êxtase





Que me escondam as minhas palavras 
Entre seus lábios
Que desvaneçam meus desejos 
Entre seu corpo 
Aonde realizo meu delírio 
Me entrego sem medo 
Entre suas fantasias 
Que meu orgasmo 
Chegue no êxtase
Entre seu gozo
Que eu permaneça no paraíso
Entre seus braços 
Que nossa cama guarde os nossos segredos 
Entre quatros paredes 
Que as nossas noites sejam longas e insaciáveis 
Nos lençóis que cobrem
Os momentos de loucura 
e sem pudor 

Entre a entrega do desejo e a paixão 
Entre as nossas vidas 
Entre ti
Entre meu corpo e as minhas entranhas 
Que o nosso dia 
comece depois de uma interminável 
Noite de amor  

     autora: Isabel van Gurp

Filha minha

Filha minha Que brinca de imagem Da cor do reflexo do meu ventre Que ilumina minha alma Enriquece meu espirito Aprendo todos os dia...