quinta-feira, 8 de março de 2012

Moinho de Vento

Estou indo
Para te encontrar 
Visto meu vestido branco
Longo 
Com saia rodada de rendas
De tecido nobre brilhoso 
Bordados com pedrarias 
Que eu guardei no fundo do meu baú
Especialmente 
para esse dia
E um vestido de rainha
Com bainha de flores
volumoso e um lindo laço
Calço meu sapato de cristal 
Com mesmo tecido branco e rendado
Como nos contos de fadas
Estou pronta para te encontrar
Caminho pelo campo florido
Com rosas brancas, vermelhas e amarelas
Voam pássaros ao meu redor
Cantam ave maria 
Vou ao teu encontro
Porque eu sei que esperas por mim 
No meio do caminho 
Vejo moinho de vento
Com suas hélices que giram com força do vento
Sinto energia e magia do tempo
Estou no caminho certo
Sinto o sol na minha pele
Irradio felicidade
Me queimo de alegria
Tenho vontade de correr
Apresso os meus passos
Vou ao teu encontro 
Passo pelo jardins 
São agora de tulipas
Pego algumas e faço um buquê
Ainda não te vejo
Mas sinto tua presença
Imagino teu sorriso
Eu sei que tu vens
ao meu encontro
Como nos meus sonhos
Saindo do teu castelo
Cercado de altas  muralhas
Montado num cavalo branco
Vestido de farda
Tu es meu príncipe
Que eu sempre sonhei
Uma fada madrinha me contou em segredo
Que um dia eu ia encontrar um príncipe encantado...
Eu acreditei....

Tu vens agora na minha direção
Galopeando em teu cavalo branco
Segure as minhas  mãos 
Me leve para teu reino
Agora vou ser tua 
Já estou vestida de rainha 
Pronta para casar
Com meu príncipe encantado
Minha fada madrinha me disse
Que vamos ser felizes para sempre
Como nos contos de fadas

autora: Isabel van Gurp


















Imaginem

São nuvens que formam com as  lagrimas No céu -Dizem que é morada dos anjos E o que dizem... Que os anjos bons Voam pra la Imag...